Faça a diferença, sendo diferente!

Diante do atual momento do cenário religioso brasileiro, no que se refere ao espiritismo, catolicismo (tradicional, ou carismático), religiões afro-africanas, pode-se observar que cada qual busca seu espaço, independente da situação, decadência ou ascensão. Infelizmente o que poderia ser favorável a nós evangélicos, tem nos impedido de aproveitar o momento que atravessa a humanidade. Temos perdido espaço a cada dia.
Como segunda maior força de expressão religiosa do país, deveríamos estar preparados a combater as heresias e falsas religiões que crescem assustadoramente diante de nossos olhos. Enquanto a “concorrência” ganha espaço na mídia e no coração do povo brasileiro, os evangélicos não tem uma representatividade em termos de liderança nacional do qual se pode esperar alguma solução viável e confiável.
Temos usado barreiras de proteção contra aqueles que não fazem parte de nosso “grupo”. Usamos o escudo do linguajar próprio que só os de dentro entendem além de querer vestir seu novo adepto a uma roupagem que muitas vezes nós mesmos não vestimos. É necessário quebrar essas barreiras e trazer o povo ao entendimento do verdadeiro evangelho.
A competição entre as variadas ramificações do evangelho tem resultado em uma verdadeira confusão. Se a mensagem do evangelho é transformadora, ao contrario, tem-se imitado práticas contraria aos nossos princípios para poder ter direito ao um espaço no palco do espetáculo da palhaçada.
Nossa preocupação como povo de Deus, não deveria igualar-se as outras religiões, seja em números ou em atitudes, mas deve ser cumprir com o papel verdadeiro de cristão autêntico, que segundo a Palavra de nosso Deus é fazer a diferença, sendo diferente: "Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã. A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo." (Tiago 1.26, 27)
Quem sabe um dia teremos representantes no Senado Federal, nos meios de comunicação, ou em vários movimentos sociais de nosso País. Pessoas comprometidas com Deus que não se deixem corromper com o sistema estabelecido pelo mundo, mas, que transmitem o evangelho genuíno. Homens e mulheres que façam total diferença na comunidade que estão inseridos.
O caminho já começou a ser percorrido, apesar de que por poucos, mas precisamos acreditar e seguir junto com aqueles que acreditam ser possível alcançar resultados melhores. Para isso, diante de tanta diversidade de aberrações impostas no cenário religioso brasileiro, precisamos buscar poder do alto e ter a consciência de que somos o povo que faz a diferença porque somos diferentes.


Cleudair Cordeiro de Godoi
3° período de Teologia
Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil

1 comentários:

Jefferson Samuel 29 de março de 2009 16:39  

Fala ai Pastor!!!
Só alegria??
concordo 100% com esse texto!!!
O meu sonho é de um dia ver os evangélicos lutando unidos!!! Quem sabe Deus nos abençoa com isso!!!
Abraçaum meu querido!!!

Sobre este blog

Contador

Fotos

...:::Cleudair Godoi:::...

Advertisement

Sample Text

Faça a diferença, sendo diferente!

Diante do atual momento do cenário religioso brasileiro, no que se refere ao espiritismo, catolicismo (tradicional, ou carismático), religiões afro-africanas, pode-se observar que cada qual busca seu espaço, independente da situação, decadência ou ascensão. Infelizmente o que poderia ser favorável a nós evangélicos, tem nos impedido de aproveitar o momento que atravessa a humanidade. Temos perdido espaço a cada dia.
Como segunda maior força de expressão religiosa do país, deveríamos estar preparados a combater as heresias e falsas religiões que crescem assustadoramente diante de nossos olhos. Enquanto a “concorrência” ganha espaço na mídia e no coração do povo brasileiro, os evangélicos não tem uma representatividade em termos de liderança nacional do qual se pode esperar alguma solução viável e confiável.
Temos usado barreiras de proteção contra aqueles que não fazem parte de nosso “grupo”. Usamos o escudo do linguajar próprio que só os de dentro entendem além de querer vestir seu novo adepto a uma roupagem que muitas vezes nós mesmos não vestimos. É necessário quebrar essas barreiras e trazer o povo ao entendimento do verdadeiro evangelho.
A competição entre as variadas ramificações do evangelho tem resultado em uma verdadeira confusão. Se a mensagem do evangelho é transformadora, ao contrario, tem-se imitado práticas contraria aos nossos princípios para poder ter direito ao um espaço no palco do espetáculo da palhaçada.
Nossa preocupação como povo de Deus, não deveria igualar-se as outras religiões, seja em números ou em atitudes, mas deve ser cumprir com o papel verdadeiro de cristão autêntico, que segundo a Palavra de nosso Deus é fazer a diferença, sendo diferente: "Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã. A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo." (Tiago 1.26, 27)
Quem sabe um dia teremos representantes no Senado Federal, nos meios de comunicação, ou em vários movimentos sociais de nosso País. Pessoas comprometidas com Deus que não se deixem corromper com o sistema estabelecido pelo mundo, mas, que transmitem o evangelho genuíno. Homens e mulheres que façam total diferença na comunidade que estão inseridos.
O caminho já começou a ser percorrido, apesar de que por poucos, mas precisamos acreditar e seguir junto com aqueles que acreditam ser possível alcançar resultados melhores. Para isso, diante de tanta diversidade de aberrações impostas no cenário religioso brasileiro, precisamos buscar poder do alto e ter a consciência de que somos o povo que faz a diferença porque somos diferentes.


Cleudair Cordeiro de Godoi
3° período de Teologia
Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil

1 comentários:

  1. Fala ai Pastor!!!
    Só alegria??
    concordo 100% com esse texto!!!
    O meu sonho é de um dia ver os evangélicos lutando unidos!!! Quem sabe Deus nos abençoa com isso!!!
    Abraçaum meu querido!!!

Leave a Reply

Blog Archive

Ads

Featured Video